quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Mensagem de Amiga - Livro 'Só Para Meninas' de Eveline Ventura

Olá, meus lacinhos!
Hoje vou fazer o segundo post com a tag 'Só Para Meninas', o segundo de muitos!
Todo livro que a gente ler, sempre tem um capitulo, um trecho, uma frase ou um ensinamento que a gente guarda em nosso coração para sempre e também temos vontade de compartilhar com outras pessoas.
No caso do livro 'Só Para Meninas' da Eveline Ventura, tem muitas frases e trechos que desde que li está no meu coração e acredito que levarei pra vida toda. Tanto é que esse livro está todo sublinhado e a maioria das coisas que sublinhei, escrevi, imprimi e coloquei no meu fichário (é uma mania que herdei de minha mãe rs)  Acho que com a maioria das meninas que leram e ainda vão ler esse livro são assim.
Bom, e hoje vou compartilhar com vocês um trecho que, na minha opinião, é parecido com um poema. Na resenha que fiz sobre este livro, eu comentei sobre uma linda mensagem de amiga e é sobre ela que vou falar aqui.
Essa mensagem não foi a Eveline que escreveu, ela recebeu um e-mail anônimo com essa mensagem, ou seja, é de uma autora desconhecida, muito provável que seja uma garota que escreveu pois fala da amizade feminina. A Eveline acrescentou algumas partes que ela não diz no livro quais são.
Amei essa mensagem, muito lindo. Me identifiquei com cada frase e acredito que toda garota que ler se identificará.
“Há quem diga que mulheres, quando são amigas, ficam insuportáveis, porque concordam sempre uma com a outra e não se desgrudam. A vida nos apresenta milhares de pessoas. E cada uma delas vem cumprir um papel conosco. Todas elas ficam na nossa memória, nos nossos hábitos, nas nossas fotos, nos nossos guardados... E no meio de tudo que se sente de dor, ou de prazer.
Eu tenho saudade de todas as amigas que já tive na vida.
Tem as amigas da família, as primas, irmãs e tias, que sempre estão indo e vindo da sua vida, provando que o tempo passa, mas essas coisas nunca mudam.
Aquela amiga que só se mete em encrenca, mas faz você rir muito.
Tem aquela com quem você anda de braços dados para todo canto.
Aquela para quem você contou sobre o primeiro garoto que você gostou.
Aquela que te dá toques sobre roupas, pessoas e comportamento.
Tem aquela outra que é chorona.
Aquela que critica você a cada cinco minutos.
Aquela “nerd” e “cdf” que sabe de tudo.
E aquela melosa, que gosta de abraçar e mandar recadinhos de amor.
Tem também aquela com quem você dividiu a cama naquela viagem que foi o maior programa de índio da sua vida.
Aquela para quem você conta absolutamente tudo, sente que foi entendida, e sai aliviada.
Aquela que te dá broncas e manda você parar de roer as unhas e ajeitar a coluna.
Aquela que não tem vergonha de dizer que te ama.
Aquela que vive dizendo que “ninguém te merece”.
Aquela que passa com você o momento mais difícil da sua vida.
Aquela que liga todo dia.
Aquela que só liga de vez em quando.
Aquela que entope sua caixa de e-mail com mensagens.
Aquela intelectual, que te ensina milhares de coisas.
Aquela que te abraçou em silêncio e sentiu você chorar.
E aquela que virou as costas quando você mais precisou.
Aquela que faz tudo que você pede.
E aquela egoísta.
Aquela que ouve quando você está apaixonada e passa horas falando do mesmo assunto.
Aquela que entende quando você a deixou para ficar com seu namorado.
E aquela outra que exige sua atenção.
Tem também aquela idealista, com quem você discute horas os problemas existenciais da humanidade.
Aquela que só liga no dia do seu aniversário, e que mesmo assim você adora.
Aquela que te indica ginecologista, cabeleireiro, costureira.
Aquela que parece sua mãe, e vive para te dar conselhos.
Aquela de quem você sente muito ciúme.
Aquela que você invejou secretamente.
Tem também aquela por quem você sente um carinho enorme desde a primeira vez que viu.
Aquela que você detestava antes de conhecer, mas que agora não desgruda.
Aquela que pede a Deus por você quando ora.
Aquela que você não esquece quando ora.
Aquela que você magoou porque a trocou por outra que não valia nada.
Aquela que te deu o conselho certo, mas que você não ouviu.
Aquela única com quem você divide o que tem de mais precioso.
Aquela que paga coisas para você quando você está sem grana.
Aquela que vive te pedindo uma roupa emprestada.
Aquela de quem você arrumou o véu antes dela entrar na igreja para se casar.
Aquela que era a mais chegada, mas sumiu e você nunca mais soube.
E aquela que é uma irmã para você.
Tem quem não possui tantas amigas assim, mas tem aquela que vale por todas.
Aquela que é sempre uma companhia gostosa, mesmo que o programa seja não ter nada para fazer.
E, por fim, tem também a melhor amiga. Aquela que é simplesmente aquela.
Claro, os homens também sabem ser bons amigos. Também deixam ótimas lembranças. Mas nada é igual à amizade entre duas mulheres.
Um grande beijo para as amigas que vierem a ler isso, para as que não vão ler, para aquelas que estão perto e longe de mim, para aquelas que eu lembro a todo minuto e para aquelas que eu esqueci.
Digo sem piscar que a amizade vale a pena e quem me ensinou isso foi você!”

Lindo, não é?
Embora eu tenha mais facilidade para lidar com os meninos, para cada frase me lembrei de uma amiga, mas para quase todas se encaixa apenas uma amiga: minha mãe. Portanto dedico este texto pra você, minha melhor amiga, te amo muito, tanto que não tem palavras que consiga explicar esse amor. ♥
E pra completar a dedicatória, deixo essa linda música pra você, é nossa trilha sonora, né? rs

Mais um motivo para você, garota, que ainda não leu este livro, pegar e ler, não acha? Ou para você, pai; mãe; irmão; namorado; tio(a) amigo(a), presentear uma garota com este livro, não acha?
Este livro marcou uma fase da minha vida por vários motivos, mas um deles foi porque foi o primeiro livro que eu, verdadeiramente, me aprofundei, também por ter sido minha primeira resenha aqui no blog, algo que eu sempre quis fazer, e por vários outros motivos que, se eu for escrever, o blogger vai me bloquear rs
Vale muito a pena ler este precioso livro, toda garota, cristã ou não, deveria ler este livro. Mais uma vez super indico!

Beijinhos, até a próxima ♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário